Histórias Reais

No Banheiro do Aeroporto

jim_april_27_002Estava participando de uma reunião de trabalho em um hotel próximo ao aeroporto de Congonhas, e na hora do almoço resolvi ir até lá confirmar minha passagem. Depois de passar no balcão da companhia aérea fui até o banheiro. Ao entrar vi um coroa no mictório e resolvi ficar do lado dele, que quando me viu olhou logo de lado e viu meu pau, olhando com aquela cara de quem está afim

Como o banheiro estava muito cheio resolvi sair e fui lavar as mãos. Fiquei olhando pelo espelho, ele deu uma olhada e saiu. Fui seguindo o coroa até o outro banheiro, e quando chegamos fiquei em um mictório e ele se posicionou no outro ao lado. Como estávamos sós ele pegou no meu pau que já estava estourando de tão duro, mas chegou alguém e tivemos que sair

Chegamos ao saguão e ele me cumprimentou, começamos a conversar, falou-me que era representante comercial, e tinha vindo deixar uns parentes que iam viajar, perguntou se eu não queria ir até algum local para ficarmos mais a vontade. Resolvemos ir.

Pegamos o carro dele no estacionamento e saímos. Eu estava preocupado, pois minha reunião iniciaria às 14h e já eram 13h 15min. Mas o tesão falava mais alto: ele era muito gostoso, baixinho, 52 anos, branquinho, descendente de italianos, cavanhaque, peludinho e uma barriguinha deliciosa.

moonpies1Passamos em uma farmácia, pois estávamos sem preservativo, compramos e fomos até um hotel próximo ao aeroporto mesmo, demos entrada e ao chegar no apartamento nos beijamos, mas antes de rolar alguma coisa, me pediu pra tomar um banho antes. Foi tomar banho e em seguida foi minha vez.

Saí do banheiro pelado de pau duro, ele veio me beijando, lambendo, até chegar no meu pau já duro, que ele chupou deliciosamente bemdurante algum tempo. Jogamo-nos na cama até fazermos um meia-nove; depois ele se virou e me oferece aquela bundinha peludinha, deliciosa.

Fiquei brincando com o dedo, alargando pra facilitar e mordendo suas costas, beijando-o até que não aguentei mais e pedi pra que ele colocasse uma camisinha no meu pau. Fica de bruços, eu comecei a enfiar bem devagar até entrar tudo, ele fica louco de tanto tesão, pedindo que eu iniciasse as estocadas, e depois pedindo que eu acelerasse mais.

Sem tirar o pau de dentro ele virou de lado e eu continuei metendo por meia hora até não aguentar e gozar.

Ficamos deitados, conversando e fazendo carinho um no outro, até que fui tomar banho. Cheguei de volta, ainda de pé, e vi o coroa ajoelhar-se, pegar meu pau e começar a chupar até ficar novamente duro em sua boca; ele começou a se masturbar e em pouco tempo anunciou que iria gozar. Quando vi ele estava esporrando litros de porra no chão, e eu não suportando de tanto tesão enchi a cara dele de porra.

Tomamos outro banho, nos vestimos, ele me levou até o hotel onde estava hospedado e trocamos telefone, no dia seguinte como tive um tempo livre, liguei, mas ele não atendeu. Saí de São Paulo no dia seguinte e nunca mais o vi. Mas valeu a pena, foi muito boa a experiência com aquele coroa.

Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.